Quando nosso Salvador falou do julgamento final, aquele dia quando toda a humanidade será reunida para aparecer diante dele, ele referiu-se a todos os homens como pertencendo a um de dois grupos:

“E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas. E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda” (Mateus 25:32-33, RC).

Certamente esse não é um ponto sobre o qual deveria existir alguma diferença: a pessoa é uma ovelha ou um bode. Isso sendo estabelecido, considere as palavras do Pastor com respeito à morte que ele suportaria e aqueles por quem ele daria sua vida:

“Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas” (João 10:11).

Por quem ele deu a vida? Pelos bodes?

Obviamente não; o bendito Salvador morreu por suas ovelhas.
Agora, considere isto: aqueles por quem Cristo entregou sua vida eram ovelhas antes de crerem, ou a fé deles fez com que se tornassem ovelhas?

Aprenda a resposta a partir da Palavra de Deus. Os judeus que o cercavam recusavam reconhecer a verdadeira identidade do Filho que Deus, que era evidenciada por suas obras. Note cuidadosamente as palavras de João 10:26-27:

“Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas, como já vo-lo tenho dito. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem”.

Você não ouvirá a Palavra do Senhor? Não está absolutamente claro que todos que crêem em Cristo eram ovelhas antes de crer, e que o fato de serem ovelhas resultou na fé deles? A fé de tais pessoas não a tornaram ovelhas; a fé manifestou que elas já eram ovelhas. Foram escolhidas por Deus para a salvação e predestinadas para a vida eterna antes da fundação do mundo.

Os bodes, contudo, têm sido sempre bodes e não têm a fé dos eleitos de Deus. O Senhor não lhes concede a sua graça e deixa-os entregues à dureza dos seus corações e à justiça da condenação eterna. Como não são ovelhas, Jesus não deu sua vida por eles.

Por quem Jesus morreu? Ele deu sua vida pelas ovelhas e por essa morte satisfez a justiça divina e resgatou seu povo escolhido das justas reivindicações da lei.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s