A dor e o grito da minha alma atormentam-me constantemente, já não sinto mais meu coração pulsar como antes e nem a razão falando com a minha consciência, para que esta possa ajudar-me em minhas decisões um tanto precipitadas.

Às vezes vejo que não sou eu mesmo pensando ou desejando algo, na verdade não sei mais o que quero, o que desejo ou o que faço. Dentro de mim há uma vontade de fazer coisas ao meu bel prazer, mas tais prazeres não são meus ou seriam?

Aquilo ou este alguém que vive dentro de mim parece ser o autor de tais impulsos, os quais a minha consciência alerta-me mesmo que poucas vezes, dizendo que preciso tomar cuidado com o que desejo para não torna-lo uma obsessividade egoísta que pode me levar para um poço sem fim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s