Oração e Súplica: Sei que não sou…

Oração e Súplica: Sei que não sou…

Senhor meu Deus,

Sei que não sou tão grato como deveria ser, muitos menos fiel com os seus mandamentos e no meio de toda confusão que me encontro, sei que o Senhor olha e vê além do que penso ou tento imaginar e por mais que haja erros que cobrem minha alma cheia de feridas, o Senhor pode segundo a tua graça me curar e assim sarar todas essas feridas que corroem minha carne.

Não sou bom, antes o Senhor que é bom, tão bom que não sou grato pelo que fazes por mim e pela minha família, o Senhor tem cuidado de mim mesmo nos momentos que me encontro completamente distante, tem me dado folego de vida e me faz ver que preciso amar o Senhor, mas em minha rebeldia não faço o que realmente deveria fazer.

Por isso peço a Ti, perdoa-me e faça de mim a Tua vontade, mesmo que na minha percepção ela não seja das melhores, pois sei que no final das contas sabes o que é melhor para mim.

Apenas Ore…

Apenas Ore…

Sim, a todo tempo o tempo todo, Ore!

Ore por aqueles que você ama tanto,
e ore por aqueles que não merecem o seu amor.

Ore por aqueles que te odeiam sem motivo,
e ore por aqueles que acham que possuem um.

Ore por aqueles que não possuem recursos,
E ore por aqueles que possuem até de mais.

Ore por aqueles que te ferem sem querer,
e ore por aqueles que querem e muito de ferir.

Ore por aqueles que entram em sua vida,
e ore por aqueles que saíram dela.

Ore sempre grato pelo seu dia, pelo ar que você respira,
pela água que sacia sua sede, pela saúde que você possui
mesmo esta sendo frágil e pela vida que vive mesmo
que viva ela com muitas dores.

Ore mesmo que não possua nenhum motivo para orar,
pois orar faz bem pra alma e pro coração,
nos torna um pouco mais semelhante ao próprio Deus,
que a todo o momento tem olhado por nós
com o seu infinito amor.

Apenas ore…

Capítulo XV – Oração

Ouvi, Senhor, minha oração, para que não desfaleça minha alma sob a tua lei, nem me canse em confessar tuas misericórdias, com as quais me arrancaste de meus perversos caminhos; que tua doçura sobrepuje todas as doçuras que segui, e assim te ame fortissimamente, e abrace tua mão com toda minha alma, e me livres de toda a tentação até o fim dos meus dias. Pois é, Senhor, meu rei e meu Deus, e a ti consagro quanto falo, escrevo, leio e conto, pois quando aprendia aquelas futilidades, tu eras o que me davas a verdadeira disciplina, e já me perdoaste os pecados de deleite cometidos naquelas vaidades. Muitas palavras úteis aprendi nelas, é verdade; porém, estas também se podem aprender em estudos sérios, e este é o caminho seguro pelo qual deveriam encaminhar as crianças.